Sexta, 18 de janeiro de 2019
contato@vamosoubora.com
Brasil

27/12/2018 às 10h54

Redação

Vitória / PE

Natal: PRF registrou 103 acidentes e sete mortes em PE
Durante os dias da operação, 4.478 pessoas e 3.194 veículos foram fiscalizados
Natal: PRF registrou 103 acidentes e sete mortes em PE
Foto: Divulgação/PRF

Entre os dias 21 e 25 de dezembro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) intensificou a fiscalização nas rodovias de Pernambuco, com o apoio de outros órgãos. A Operação Integrada Rodovida registrou 103 acidentes, com 52 feridos e sete óbitos. Em comparação ao ano passado, o feriado teve um dia a menos e registrou 90 acidentes, com 55 feridos e 6 mortes.


As estatísticas apontam uma redução na média diária de acidentes, feridos e mortes. Mesmo com um dia a menos de feriado, o ano de 2017 registrou 22,5 acidentes por dia, enquanto em 2018, ocorreram 20,6 acidentes.


Durante os dias da operação, 4.478 pessoas e 3.194 veículos foram fiscalizados, com 2.411 autuações emitidas por diversas infrações de trânsito. Dentre elas, 154 por ultrapassagens em local proibido, 189 pelo não uso do cinto de segurança, 30 pela falta da cadeirinha e 22 por motociclistas sem capacete.


Segundo a PRF, com o apoio das equipes da Operação Lei Seca, foram realizados 2.325 testes com bafômetro e emitidas 87 autuações. Dessas, 28 foram por constatação e 59 por recusa ao teste. Seis motoristas foram presos sob efeito de álcool.


Devido irregularidades também foram recolhidos 133 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 91 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs). Ainda foram constatadas 61.08 toneladas excedentes em veículos de transporte de cargas e recolhidos quatro animais soltos às margens das rodovias. Além disso, a ação prestou 59 auxílios aos motoristas que encontraram dificuldades ao transitar nas rodovias.


Em relação à criminalidade, 15 pessoas foram presas por diversos crimes, como tráfico de drogas, assalto, embriaguez ao volante e crimes ambientais. A ação apreendeu ao todo 100 quilos maconha e 28 quilos de crack.


A Base de Operações Aéreas, que atua em conjunto com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), realizou apenas um atendimento aeromédico, além de ter acompanhado a movimentação nas rodovias durante a operação.

FONTE: Assessoria

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados